Empresa
Acesse o gerenciador financeiro
Com BB Token
 
icone testeira - Acesso à Informação Bandeira Idioma Inglês
Outros Sites
Home Empresa   MPE 

<< Voltar

Código Identificador da Operação de Transporte - CIOT

O Código Identificador da Operação de Transporte - CIOT, é exigido pela Agência Nacional de Transportes Terrestres - ANTT, para toda operação de transporte que envolva a contratação de um Transportador Autônomo de Cargas – TAC ou a seus equiparados.

O Banco do Brasil oferece gratuitamente a geração do CIOT através do Gerenciador Financeiro.

Caso sua empresa ainda não possua chave e senha de acesso do Gerenciador Financeiro, solicite a sua habilitação em qualquer agência do Banco do Brasil, portando os seguintes documentos:
> CNPJ/MF - Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica;
> Ficha de Inscrição Estadual (opcional);
> Documento de Constituição (Contrato Social, Estatuto, Declaração de Registro de Empresário, etc);
> Alterações contratuais ou estatutárias;
> Quadro de composição do capital social;
> Ata de eleição da diretoria (S.A. Ou Cooperativa);
> Instrumentos de mandato/carta de revigoramento.

Caso sua empresa já possua chave e senha de acesso clique aqui para gerar o CIOT.

Como funciona

Para a empresa contratante:

1.    Empresa solicita cartões via sistema;
2.    Os cartões chegam na empresa;
3.    Empresa registra as informações das viagens no sistema (as informações podem ser passadas via integração de sistemas);
4.    Sistema devolve o CIOT;
5.    Sistema faz a roteirização (cálculo dos valores de pedágio a pagar);
6.    Empresa efetua o carregamento dos cartões (pedágio, frete e demais despesas) de acordo com os registros, podendo programar a quantidade de parcelas a liberar;
7.    O carregamento pode ser feito “à vista” ou “a prazo” com 10 dias de carência para pagamento da carga;
8.     Sistema gera o contrato de frete;
9.    O cartão carregado é entregue ao caminhoneiro que sai para viagem;
10.    Com o decorrer da viagem a empresa efetua a liberação das parcelas intermediárias ;
11.    Caminhoneiro chega ao destino;
12.    Empresa faz a liberação da última parcela do frete;
13.    Empresa acessa relatórios diversos para gestão das viagens e pagamentos;



Para o caminhoneiro:

1.    Empresa carrega os cartões (pedágio, frete e demais despesas);
2.    Sistema gera o contrato de frete com CIOT;
3.    Caminhoneiro sai para viagem com o cartão carregado e contrato de frete;
4.    Caminhoneiro faz pagamento de pedágio;
5.    Caminhoneiro abastece;
6.    Caminhoneiro efetua demais gastos (alimentação, hospedagem...)
7.    Caminhoneiro faz saque nos terminais de autoatendimento;
8.    Durante a viagem o caminhoneiro pode receber os créditos intermediários programados pela empresa;
9.    Durante a viagem a família tem acesso ao recurso através do cartão adicional.
10.    Caminhoneiro chega ao destino;
11.    Empresa faz a liberação da última parcela do frete (quitação);
12.    Caminhoneiro tem acesso a relatórios mensais que comprovam a renda.
13.    O cartão pode ser recarregado em qualquer empresa que utilize a solução desenvolvida pelo BB

Lei do pagamento de frete

Em abril/2011 a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) publicou Resolução n 3658/2011, de 19 de abril de 2011, regulamentando o mercado de frete para transportes de carga no Brasil. Os principais pontos da regulamentação são:

· Extinção da carta-frete;

· Instituição do pagamento do frete em duas modalidades possíveis: crédito em conta corrente ou cartão;

· Determinação da formalização de um contrato de frete entre o embarcador e o TAC;

· Obrigatoriedade dos Registros das Operações junto à ANTT.

A nova resolução põe fim a uma prática com mais de 50 anos (carta-frete) que penalizava o caminhoneiro e facilitava a sonegação de impostos.

Além de incluir o caminhoneiro no mercado formal, facilitando o acesso ao crédito, a resolução também traz benefícios para as transportadoras e embarcadoras, reduzindo os intermediários nas relações financeiras entre empresa contratante e caminhoneiro contratado, o que é bom pra todos.



Resolução 3.658/2011
Ourocard Transportador e Cartão Pamcard

O Ourocard Transportador (produto exclusivo BB) e o Cartão Pamcard (em parceria com a Roadcard) são soluções destinadas ao setor de transporte, homologado pela ANTT, de bandeira VISA, para utilização no Brasil e nos países componentes do Mercosul.

Reunindo em um único sistema todos os pagamentos, Transportadoras e Embarcadores que contratam o frete garantem maior controle na gestão das viagens, gestão do frete, flexibilidade, modernidade e otimização do fluxo financeiro.

Os cartões possuem as funções pré-pago (para recebimento das parcelas de frete, combustível e despesas de viagem) e moedeiro eletrônico (para recebimento do vale pedágio obrigatório).

As cargas da função pré-pago são realizadas de forma “on-line” via web. Dessa forma, as empresas passam a ter um sistema de gestão ágil, de fácil integração operacional e atendimento personalizado.

Trata-se de solução desenvolvida pelo BB que traz benefícios para as Transportadoras e Embarcadoras, substituindo com vantagens a carta-frete e adequando o transporte à Resolução nr. 3658/2011 da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres).

Como contratar

Para contratar o sistema, entre em contato com o seu gerente do Banco do Brasil.
Vantagens para o caminhoneiro

- liberdade de escolha dos postos de combustível e fazer suas compras em toda a rede de estabelecimentos credenciados VISA pagando o preço à vista;
- possibilidade de comprovação de renda podendo participar de programas de financiamento para a troca do caminhão e acesso ao crédito no BB;
- cartão adicional para uso da família;
- praticidade e segurança.

 
Vantagens para a empresa

- gestão, flexibilidade e atendimento personalizado;
- carência de 10 dias sem juros para pagamento da carga (exclusividade BB);
- adequação ao regulamento da ANTT;
- relatórios gerenciais;
- cadastramento e acompanhamento da viagem via Gerenciador Financeiro web e Sistema Pamcard, que já realiza o cálculo do valor devido a título de pedágio obrigatório;
- liberação de recursos (parcelas de frete e despesas com combustíveis) por etapas;
- possibilidade de uso internacional (Mercosul).

Sistema Pamcard

O Sistema Pamcard tem como objetivo agilizar o processo de pagamentos de pedágios, fretes, diárias e combustíveis aos caminhoneiros fornecendo de forma eficaz um meio eletrônico e seguro para as empresas que realizam transportes rodoviário de cargas


Gestão:



Com o sistema Pamcard é a empresa que decide os detalhes de cada operação, gerenciando os valores de frete, pedágio, combustível e despesas de viagem a serem creditados, com a opção de agendamento de parcelas. Em qualquer etapa do processo é possível gerar relatórios gerenciais que podem ser consultados por modalidade da operação, usuários e unidades.


Flexibilidade:



Sistema totalmente flexível, que se adapta ao processo operacional de cada empresa, possibilita integração com o seu sistema de gestão (ERP), evitando retrabalho e garantindo maior segurança. Gera arquivos de conciliação para download no sistema.


Atendimento Personalizado:



Central de atendimento 24x7, comercial e operacional própria, com profissionais experientes para atender as solicitações e dúvidas com muito mais agilidade.
 

Ourocard Transportador

Trata-se de solução desenvolvida pelo BB que traz benefícios para as Transportadoras, substituindo com vantagens a carta-frete.

O  Ourocard Transportador é o meio de pagamento eletrônico, de bandeira VISA Cargo, para utilização no Brasil e nos países componentes do Mercosul, cuja utilização está condicionada à existência de valores previamente carregados, comercializado junto as transportadoras e embarcadoras como meio de pagamento aos profissionais do segmento de transporte rodoviário de cargas (caminhoneiros), para aquisição de bens e serviços  e/ou saques.

O cartão conterá as funções pré-pago (para recebimento das parcelas de frete, combustível e despesas de viagem) e moedeiro eletrônico (para recebimento do vale pedágio obrigatório).

Os cartões serão disponibilizados, inicialmente, em duas modalidades: Ourocard Transportador (produto exclusivo BB), para clientes BB em geral e Cartão Pamcard (em parceria com a Roadcard) para empresas que utilizam o sistema Pamcard de gestão de frete.

As Transportadoras e Embarcadoras em geral terão a gestão completa das viagens contratadas, facilidade na gestão do frete, flexibilidade, modernização e otimização do fluxo financeiro. A partir daí a transportadora poderá via sistema efetuar as cargas de Vale Pedágio e Frete (em parcelas se for de interesse da Transportadora).

Confira os benefícios para a transportadora contratante (pessoa jurídica):
- carência de 10 dias sem juros para pagamento da carga (exclusividade BB);
- adequação ao regulamento da ANTT;
- relatórios gerenciais;
- cadastramento e acompanhamento da viagem via Gerenciador Financeiro web Sistema Pamcard, que já realiza o cálculo do valor devido a título de pedágio obrigatório;
- liberação de recursos (parcelas de frete e despesas com combustíveis) por etapas;
- possibilidade de uso internacional (Mercosul);

Veja, também, os beneficios para o caminhoneiro (pessoa física);
- cartão adicional para uso da família;
- aceitação do cartão em toda a rede de estabelecimentos credenciados VISA;
- bancarização do caminhoneiro;
- possibilidade de comprovação de renda e acesso ao crédito no BB;
- praticidade e segurança.
 pvmlportalbb002_portalBB
© Banco do Brasil
Central de Atendimento BB - 4004 0001 / 0800 729 0001 SAC BB - 0800 729 0722 Ouvidoria - 0800 729 5678 Deficientes auditivos/fala - 0800 729 0088 Segurança
 

Carregando ...