11/02/21

BB registra lucro ajustado de R$ 13,9 bilhões em 2020

No último trimestre de 2020, resultado foi de R$ 3,7 bilhões, crescimento de 6,1% frente ao trimestre anterior


O Banco do Brasil registrou lucro líquido ajustado de R$ 3,7 bilhões no 4T20, aumento de 6,1% frente ao 3T20. O RSPL no trimestre alcançou 12,1%. No comparativo anual, o lucro líquido ajustado totalizou R$ 13,9 bilhões, redução anual de 22%, impactado pela antecipação prudencial de R$ 8,1 bilhões em provisões feita ao longo dos trimestres.

A geração de negócios permaneceu sólida. O resultado estrutural, que não sofre os efeitos das provisões, apresentou crescimento, quando comparado ao ano anterior, de 5,9%, encerrando em R$ 42,4 bilhões.  Influenciaram essa performance o crescimento de 5,1% da margem financeira bruta, o controle de despesas administrativas e a redução na linha de risco legal.

A carteira de crédito ampliada cresceu 9% nos últimos 12 meses e alcançou R$ 742 bilhões, com destaque para desempenhos dos segmentos Pessoa Física, MPME e Rural, que cresceram 6,7%, 25,6% e 6,8% respectivamente.

O lucro foi impactado pelo crescimento de 47,6% na PCLD ampliada, que inclui as provisões de crédito, recuperação de crédito, perdas por imparidade e descontos concedidos. Na comparação do 4T20 com o trimestre anterior, a PCLD ampliada recuou 6,4%.

O índice de inadimplência, operações vencidas há mais de 90 dias, apresentou redução e encerrou dezembro em 1,9%.

As receitas com prestação de serviços apresentaram crescimento de 1,5% em relação ao 3T20, impulsionado pelas linhas de administração de fundos (+3,8%) e conta corrente (+2,3%). No acumulado do ano, houve redução de 1,7%. Mesmo nesse cenário, as linhas de receitas com seguros, previdência e capitalização cresceram 4,8%, consórcios 14,5% e administração de fundos 7,2%.

As despesas administrativas anuais seguiram sob controle e encerraram o ano estáveis. Na comparação com o 4T19, a queda foi de 5,6%.

O Índice de Basileia atingiu 21,14% em dezembro, sendo 13,62% de capital principal.

Carteira de crédito   

A carteira de crédito cresceu nos principais segmentos de negócios do Banco. A carteira PF evoluiu 6,7%, na comparação com dezembro de 2019. Destaque para o desempenho positivo em crédito consignado, com crescimento de 15,2% em 12 meses.

A carteira de crédito ampliada PJ cresceu 14,6% na comparação anual e totalizou R$ 283,1 bilhões. Destaque para o crescimento de 25,6% da carteira MPME em 12 meses.

A carteira rural aumentou 6,8%, totalizando R$ 176 bilhões. Houve elevação nas linhas de custeio agropecuário (17%) e investimento agropecuário (35,4%).

Experiência do cliente, eficiência e aceleração da transformação digital

O BB mantém o foco na melhoria contínua da experiência do cliente. Para isso, tem promovido alterações estruturais em todos os níveis da organização para tornar a cultura cada vez mais centrada no cliente. Além disso, a partir do uso de dados, analytics, big data e Inteligência Artificial é possível conhecer o cliente e antecipar suas necessidades, trazendo maior efetividade ao relacionamento que se torna cada vez mais especializado, contextualizado e personalizado.

Sempre centrado no cliente, o Banco do Brasil executou uma série de medidas de eficiência relevantes que envolvem: revisão das estruturas organizacional e da rede, anunciadas em janeiro; o programa Performa, que reconhece o desempenho dos funcionários; o novo Plano de Cargos e Salários; a otimização de espaços corporativos e venda de imóveis próprios; além de ações de ecoeficiência energética.

Para atender com excelência, foram otimizados pontos de atendimento no país, incluindo a abertura de escritórios com foco em clientes de alta maturidade digital e do segmento agro. Além disso, a capacidade de assessoramento gerenciado aos clientes foi expandida para mais 1,3 milhão de clientes, alcançando 100% dos nossos clientes do alto varejo.

No último ano, o BB consolidou a presença para além da rede física de atendimento, oferecendo novas soluções e conveniência. O aplicativo BB ganhou mais 4,7 milhões de usuários apenas em 2020. Foram realizados mais de 17 milhões de atendimentos pelo WhatsApp. Em dezembro, somaram-se mais de 21 milhões de clientes ativos nos canais digitais.

Sustentabilidade

O Banco do Brasil tem uma sólida trajetória em sustentabilidade, reconhecida por índices, ratings e rankings nacionais e internacionais. Em janeiro de 2021, o BB foi considerado a instituição financeira mais sustentável do mundo e terceiro colocado na classificação geral pelo Ranking Global 100, da Corporate Knights. Para reforçar seu compromisso, o Banco estabeleceu dez compromissos de longo prazo de sustentabilidade que podem ser conhecidos aqui.

Em 2021, o BB segue com o compromisso de elevação da rentabilidade e construção de resultados sustentáveis, ampliando a geração de valor em um Banco cada vez mais digital.

Mensagem do presidente André Brandão

"O Banco do Brasil finalizou 2020 mais preparado para continuar crescendo em seus negócios neste ano. Mesmo com as dificuldades da pandemia, atravessamos esse período com crescimento de 9% na carteira de crédito. Estivemos junto de nossos clientes pessoas físicas e empresas nos momentos em que mais precisaram do nosso apoio.   Tivemos forte atuação na liberação de recursos emergenciais, como o Pronampe e Peac Maquininhas, que contribuíram para que a manutenção das atividades dos clientes e serão importantes para a retomada da economia."

"Outros pontos de destaque do resultado foram a elevação da margem financeira e a gestão eficiente das despesas administrativas. Além disso, nossos índices de capital estão ainda mais sólidos, o que nos permite continuar expandindo os empréstimos e financiamentos, sempre a partir de análises adequadas de avaliação de risco. Atualmente, temos uma das carteiras de maior qualidade do mercado, distribuída em operações com clientes com longo relacionamento com o BB e que atuam em setores da economia mais resilientes a oscilações econômicas, como é caso do agronegócio. Todo esse contexto permitiu que nossa inadimplência fechasse o ano em 1,9%, patamar inferior à média dos nossos principais concorrentes."

"Mantivemos um firme controle das despesas, que cresceram abaixo da inflação anual, e permanecerão sob rigoroso controle neste ano, certamente se comportando abaixo da inflação, mas com o BB perseguindo a redução nominal das despesas."

"Agora, cabe avançar e aprimorar a experiência do cliente. O setor financeiro passa por nível de competitividade que exige dos bancos estratégias totalmente focadas nos consumidores."

"Temos por objetivo fazer com que todos os números do resultado sejam direcionados para melhorar a experiência do cliente, com soluções digitais cada vez mais inovadoras. Estamos trabalhando fortemente nesse sentido. Prova disso são os 4,7 milhões de usuários que nosso app ganhou em 2020. Foram realizados mais de 17 milhões de atendimentos pelo WhatsApp. Em dezembro, somaram-se mais de 21 milhões de clientes ativos nos canais digitais."

"O digital permite especializar ainda mais o atendimento, com maior nível de produtividade. Dessa forma, incluiremos 1,3 milhão de clientes em nosso modelo de atendimento especializado, fazendo com que alcancemos 100% do alto varejo nesse modelo de relacionamento."
 
"Quero chamar a atenção de duas coisas inovadoras que estamos anunciando. Uma delas é o manifesto com relação a nossa ASG (Ambiental, Social e Governança). O Banco do Brasil já é o melhor banco nessa agenda, mas estamos indo além disso. Estamos criando compromissos claros, específicos e econômicos para que a gente possa, ainda mais, atender a sociedade de uma forma sustentável."

"2020 foi um ano de transformação digital e o Banco do Brasil seguiu essa linha. Mas a gente quer dar um passo além. Queremos adicionar inclusão digital. Vai ser bom para nós, do Banco do Brasil, e bom para a sociedade. Estamos lançando um programa, juntamente com o Ministério das Comunicações, para aumentar a maturidade digital nas cidades e no campo. Nós vamos apoiar nossos clientes, atrair novos, ajudar a sociedade e ganhar eficiência."



Veja Também

Twitter


Videos


 
 


 PXL1WEB00502_www-externo-10
© Banco do Brasil
Central de Relacionamento BB - 4004 0001 / 0800 729 0001 SAC BB - 0800 729 0722 Ouvidoria - 0800 729 5678 Deficientes auditivos/fala - 0800 729 0088 Segurança
 

Carregando ...