Seu navegador n?o aceita scripts [bb.com.br]
   
H
T
Aumentar a Fonte Diminuir a Fonte
Cultural
Home >  >    
[bb.com.br]
  Artes Cnicas Cinema e Vdeo Exposies Msica Ideias  
 
Cinema e Vdeo DF
Sinopses

A Luta Solitria, de Akira Kurosawa (Shizukanaru ketto,1949, P&B, 16 mm, 95 min, 12 anos)
Durante a Segunda Guerra, jovem cirurgio contrai sfilis depois de tratar um paciente contaminado. Encerrado o conflito, a enfermidade atormentar o mdico e sua relao com a mulher que lhe foi prometida. Sucesso de pblico em sua poca, o filme foi usado como pea de propaganda para aumentar a auto-estima do povo japons, abalado pelas sequelas da guerra.

A Msica de Gion, de Kenji Mizoguchi (Gion Bayashi,1953, P&B, 35mm, 85 min, 14 anos)
A gueixa Miyoharu precisa de uma grande quantia de dinheiro para o debute de sua aprendiz, Eiko. Para ajud-la, seu amigo Okimi, pega o valor emprestado com o empresrio Kusuda. Como pagamento, Kusuda quer possuir Eiko e ofertar Miyoharu como presente a Kanzaki, para fechar um negcio. As duas vo contra a tradio e se rebelam.

As Irms Makioka, de Kon Ichikawa (Sasame Yuki,1983, cor, 16mm, 140 min, livre)
Adaptao do clssico romance de Junichiro Tanizaki (recentemente traduzido no Brasil), que acompanha a trajetria de quatro irms de uma abastada famlia de Osaka. Todos os anos, as irms se renem em Kyoto para acompanhar o florescimento das cerejeiras. Com belssima fotografia, o filme um retrato fiel da vida no Japo no perodo anterior guerra. O diretor Ichikawa faz um paralelo entre o destino das irms Makioka e as quatro estaes do ano.

Dersu Uzala, de Akira Kurosawa (1974, cor, DVD,121 min, 10 anos)
Dersu um campons mongol que serve de guia para um militar russo, lder de uma expedio de levantamento topogrfico na Sibria. Dersu um exemplo de humildade e sabedoria, e a convivncia com o caador transforma por completo a vida do explorador russo.

Dolls, de Takeshi Kitano (2002, cor, 35mm, 113 min, 14 anos)
Dolls mostra algumas histrias sobre amores infinitos e eternos, alimentadas e finalizadas de forma trgica. Homem abandona a esposa para se unir mfia japonesa. Anos depois, arrependido, ele tenta reencontrar seu grande amor. O bunraku, tradicional teatro de bonecos do Japo, foi a inspirao de Kitano para fazer este filme - por isso o nome, "Bonecos".

Fim de Vero, de Yasujiro Ozu (Kohayagawa-ke no Aki, 1961, cor, 16 mm, 103 min,livre)
A famlia Kohayagawa proprietria de uma pequena fbrica de saqu. A crise do perodo ps-guerra obriga o patriarca Manbei a incorporar sua fbrica a uma grande empresa. Enquanto isso, a filha mais nova, Noriko, est espera de um casamento arranjado, alm de ajudar sua cunhada viva a encontrar um novo marido.

Juventude sem arrependimentos, de Akira Kurosawa (Waga Seishun ni kui nashi,1946, P&B, 16mm,110 min, 14 anos) .
O filme aborda as perdas de liberdade no Japo, dos anos 30 Segunda Guerra Mundial. Concentra-se no drama pessoal de intelectuais perseguidos por se oporem s diretrizes do governo.

Madadayo, de Akira Kurosawa (1993, cor, DVD, 134 min,10 anos)
ltimo filme de Akira Kurosawa. No incio dos anos 40, professor de literatura alem decide se aposentar. Seus alunos, a quem soube conquistar com humor e carisma, nutrem especial admirao por ele e organizam a cada ano uma festa para celebr-lo.

Meus Filhos, de Yoji Yamada (Musuko, 1991, cor, 16mm, 121 min,10 anos)
Tetsuo chamado pelo pai para retornar a Tquio para o aniversrio de um ano da morte de sua me. Aps a cerimnia, ele consegue um novo emprego e conhece uma garota surda-muda por quem se apaixona.

O Intendente Sansho, de Kenji Mizoguchi (Sansho Dayu, 1954, P&B 16mm, 120min,10 anos)
No final do sculo XI, Tamaki, mulher da aristocracia, viaja para uma praia de Echigo acompanhada de seu filho Zushio, de sua filha Anju e de uma serva. Durante a jornada, os viajantes so enganados por mercadores de escravos e as duas crianas so vendidas ao cruel intendente Sansho.

Os Anos Dourados do Cinema, de Yoji Yamada (Kinema no Tenchi, 1986, cor, 16mm, 135 min, livre)
O filme acompanha a transio do cinema mudo para o cinema falado, no princpio da dcada de 1930. Esta mais uma das obras de Yoji Yamada que presta declarao de amor ao cinema.

O Vero de Kikujiro, de Takeshi Kitano (Kikujiro no natsu, 1999, cor, 35mm, 121 min, 10 anos)
vero e o pequeno Masao no tem com quem brincar. O cinquento Kikujiro jamais seria a companhia ideal para um garoto de nove anos de idade: impaciente, arrogante e gosta de mandar nos outros. Mas os dois saem em busca da me que Masao nunca conheceu, numa viagem que mostrar que a realidade no nada sem a magia.

Pai e Filha, de Yasujiro Ozu (Banshun,1949, P&B, 16mm, 108 min, 10 anos)
Jovem vive com seu pai e a famlia se preocupa com a possibilidade de que ela perca a chance de se casar por causa dele. Preocupado com isso, o vivo Somiya finge estar se casando novamente para evitar que a filha fique solteira.

Vida de Casado, de Mikio Naruse (Meshi, 1951, P&B, 16mm, 97 min, 10 anos)
Baseado em romance inacabado de Fumiko Hayashi, relata o drama de um casal que se muda para um bairro humilde em Osaka, aps o fim da Segunda Guerra Mundial. O amor vai aos poucos se confrontando com as dificuldades financeiras do casal. Cansada de sua rotina e descontente com a chegada de uma prima do marido, Michiyo abandona sua casa e volta para Tquio, onde tenta iniciar uma nova vida.



<< Voltar

 
 
 .br18? Banco do Brasil
 Central de Atendimento BB - 4004 0001 / 0800 729 0001 SAC BB - 0800 729 0722 Ouvidoria - 0800 729 5678 Deficientes auditivos/fala - 0800 729 0088 Segurana